Opção Lacaniana

Nova série
ano VII
Novembro 2016
ISSN 2177-2673

Número
21

Editorial

 

Este número de Opção Lacaniana online nova série inicia tratando a questão da formação na Escola no notável texto de Jacques-Alain Miller, Teoria de Turim sobre o sujeito da Escola, quando apresenta uma perspectiva inédita do paradoxo da Escola e a aposta de Lacan: a de que seja possível uma comunidade entre sujeitos que sabem, por sua própria análise, o que é o Ideal e o que é a solidão subjetiva, constituindo a Escola não como um grupo, mas um coletivo de sujeitos solitários.

Na sequência, prestamos homenagem à falecida Marcia Mello de Lima, Membro de Escola da EBP, que promoveu, com seu estilo, um trabalho discreto, porém eficaz, de laço entre a transmissão da psicanálise na Escola e seu ensino formal na universidade. Seu texto demonstra que a Universidade e a Escola, em se tratando de psicanálise, não precisam ser consideradas, segundo o clichê, como instituições opostas e antagônicas. No artigo que publicamos, in memoriam, constatamos a clareza com que ela sustentava essa articulação difícil, porém necessária.

Outros textos relevantes dão brilho a esta edição. Dentre eles destacamos o de Miguel Bassols, O objeto (a)ssexuado, e o de François Ansermet, Paradoxos dos sinais discretos na psicose ordinária. O texto de Bassols nos ajuda a ler uma série de outros artigos que tratam das violências e paixões relativas ao objeto e ao gozo feminino, a devastação e algumas indicações valiosas sobre a prática da psicanálise em nossa época; já o texto de Ansermet nos direciona ao tema das psicoses que começamos a preparar para o Congresso da AMP em Barcelona (2018). Como não poderia faltar, às vésperas do XXI Encontro Brasileiro do Campo Freudiano em São Paulo sobre Adolescência, idade do desejo, vale a pena conferir o artigo A gente se vinga no Rock!

Boa leitura!


Heloisa Caldas